Divulgação
Divulgação

Atores são assaltados, reagem e imobilizam bandido no Rio

Ao perseguir bandido, Fábio foi atropelado por um carro e fraturou três dedos da mão direita

estadão.com.br,

04 Janeiro 2012 | 04h58

SÃO PAULO - Os atores Fábio Bianchini e Felippe Luhan foram assaltados e reagiram, por volta das 21h30 de terça-feira, 3, quando saíam do Barra Shopping, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. Abordados por dois bandidos, um deles portando uma suposta arma de fogo, na Avenida das Américas, Fábio e Felippe foram obrigados a entregar celulares, dinheiro e cordões de ouro.

 

Ao perceberem que apenas um dos bandidos estava armado, os dois atores correram e alcançaram o outro criminoso, que foi agredido no rosto com um soco. Bianchini, no momento em que perseguia o criminoso desarmado, foi atropelado por um carro e sofreu fratura em três dedos da mão direita.

 

Tanto o ator como o bandido imobilizado pelas vítimas foram atendidos no Hospital Municipal Lourenço Jorge. O bandido permanecia internado no pronto-socorro e não teve ainda o nome divulgado pela Polícia Civil. Acredita-se que a arma do bandido foragido seja de brinquedo ou estivesse sem munição, pois o assaltante teria testemunhado o comparsa sendo perseguido pelas vítimas e não atirou.

 

O caso foi registrado no 16º Distrito Policial. Fábio Bianchini faz parte do elenco da minissérie "Dercy de Verdade"; já Felippe Luhan, atuou em "Ti-Ti-Ti".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.