Atrasos de decolagem atingem 11 vôos no País

Os atrasos mais freqüentes foram no Aeroporto Internacional dos Guararapes, em Recife

Patricia Lara, da AE

28 Julho 2007 | 13h58

A Infraero informou que registrou atrasos superiores a uma hora em 112 vôos, ou 14,4%, das 776 partidas programadas nos 67 aeroportos administrados pela empresa pública na manhã deste sábado, 28, entre a 0 hora e 12h30, segundo boletim divulgado, às 12h30, em seu site. Houve 66 cancelamentos no período monitorado. Às 12h30, 18 vôos permaneciam atrasados.   No Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão Antonio Carlos Jobim, 17 dos 80 vôos (21,2%) programados sofreram atrasos de mais de uma hora, enquanto outros 10 foram cancelados durante a manhã. No Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre (RS), 4 das 28 partidas sofreram atrasos.   Os atrasos foram mais freqüentes no Aeroporto Internacional dos Guararapes, em Recife (PE), onde 10 dos 26 vôos (14,2%) apresentaram atrasos superiores a uma hora.   No Aeroporto Internacional de São Paulo Governador André Franco Montoro, em Guarulhos, nos arredores da capital paulista, 21 das 115 partidas programadas para o intervalo das 0h até 12h30 registraram atrasos superiores a uma hora, segundo balanço divulgado pelo escritório da Infraero em Cumbica. Houve cinco cancelamentos.   No Aeroporto Internacional de Brasília - Presidente Juscelino Kubitschek, seis dos 52 vôos programados computaram atrasos de mais de uma hora e ocorreram 4 cancelamentos.   Em Belém, o atraso foi superior a uma hora para 4 das 19 partidas programadas pela manhã. No Aeroporto de Salvador Deputado Luís Eduardo Magalhães, na Bahia, os atrasos atingiram 7 das 44 decolagens previstas. Um vôo decolou atrasado do Aeroporto Internacional Hercílio Luz.

Mais conteúdo sobre:
Crise aérea vôo 3054

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.