1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Aulas para ''brincar'' de construir brinquedos

Mônica Cardoso - O Estadao de S.Paulo

18 Julho 2009 | 00h 00

Clube-escola ensina modelismo de graça para crianças e adolescentes,

É impossível não se encantar diante das miniaturas de automóveis, aviões, navios e trens. Se o barco a vapor solta fumacinha, o porta-aviões até dispara tiros de mentira. E a brincadeira está também na construção dessas réplicas. "Aprender as técnicas de montagem é uma prática pedagógica que estimula a concentração. Hoje, quase nenhuma criança faz trabalhos manuais", diz Benê Rodrigues, heptacampeão brasileiro de aeromodelismo na categoria acrobacia aérea. Agora, crianças e adolescentes de 7 a 14 anos podem aprender gratuitamente as técnicas de modelismo. A Prefeitura de São Paulo inaugurou ontem o Clube-Escola de Modelismo na Vila Mariana, zona sul, que oferece aulas de aeromodelismo, ferromodelismo, automodelismo e nautimodelismo. Com duração de seis horas, as aulas ocorrem duas vezes por semana com grupos de 35 alunos em dois períodos: manhã ou tarde. Além de montar seu próprio brinquedo, os alunos contam com transporte gratuito até o local, material teórico em forma de gibi e certificado de participação. "Aqui era um equipamento que estava sendo mal utilizado. Vamos ocupar esse espaço público", disse o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. O Clube Desportivo Modelódromo está há 40 anos no local e é frequentado por cerca de 2.500 pessoas por mês. O terreno foi cedido para a Federação de Modelismo pela Prefeitura. Em março, o Estado publicou reportagem mostrando que moradores de rua tomavam banho e lavavam as roupas no tanque de nautimodelismo. As grades serviam de varais. Havia até um fogão improvisado onde a comida era preparada. O mato estava alto e havia muito lixo. A única guarita estava desativada. A Prefeitura investiu R$ 310 mil para construir o clube-escola. "Fizemos um convênio com a a Federação de Modelismo para criar o clube-escola. Vamos ter segurança 24 horas, limpeza e acompanhamento da Subprefeitura da Vila Mariana", disse o secretário de Esportes, Walter Feldman. O modelismo, no entanto, é um lazer que custa caro. Feldman acredita que "se aumentar o interesse da população, vai aumentar o número de fabricantes das peças". "Hoje, é uma atividade que está quase extinta, praticada por pessoas mais idosas." Prioritariamente, o clube-escola é destinado às crianças da rede pública de ensino municipal e estadual, mas ele está aberto também às crianças da rede particular e à comunidade. Ao conhecer o local, o prefeito deu diversas sugestões, como criar aulas de modelismo para adultos, à noite. A outra proposta é colocar uma placa para divulgar o espaço, respeitando, é claro, a Lei Cidade Limpa . AVIÃO No curso, as crianças recebem um kit para montar a sua miniatura. Para o coordenador do clube-escola, Benê Rodrigues, o avião é uma das réplicas mais fáceis de fazer. É preciso ter um kit feito com madeira-balsa, um tipo mais leve do material. O kit do planador de lançamento manual custa em torno de R$ 15 e é vendido em lojas especializadas em modelismo. "A princípio, você pode fazer um avião de qualquer material, mas não é garantia de que ele vai voar", diz Benê Nas figuras ao lado, é possível ver o passo a passo da montagem do avião. A cola branca pode ser substituída pela cola ciano, que tem secagem imediata. Os chumbinhos dão equilíbrio ao avião. Para lançar, coloque os dedos atrás da asa. O avião pode ficar até 10 segundos no ar, dependendo do vento. Clube-Escola de Modelismo: End: Rua Curitiba, n.º 290/292, Vila Mariana; 3394-6473

  • Tags: