Avião da TAM arremete ao tentar pousar em Congonhas

Um avião da TAM arremeteu na manhã desta quinta-feira quando tentava pousar em meio à neblina no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, mas pousou minutos depois no mesmo aeroporto sem problemas, informaram a Infarero e a TAM nesta quinta-feira. O vôo 3400 vinha de Maringá, no Paraná, e deveria pousar às 7h26. Com o incidente, o pouso ocorreu às 7h42. Segundo a TAM, "o arremetimento é um procedimento normal e previsto de segurança". Mais cedo, uma assessora da Infraero havia informado à Reuters que o avião estava muito alto e por isso teve que evitar o pouso, o que foi desmentido em seguida pelo próprio órgão. "A Infraero não tem como determinar o que causou o incidente", disse a assessoria da administradora dos aeroportos do país. De acordo com a Infraero, o funcionamento em Congonhas está normal, com pousos e decolagens na pista auxiliar. Segundo a asessoria do órgão, a previsão é de liberar a pista principal amanhã, mas ainda não foi confirmada. De acordo com boletim por volta das 10h, existem 55 partidas programadas, 11 vôos cancelados e seis atrasos de cerca de uma hora. Segundo a Infraero, tantos os atrasos como os cancelamentos são considerados normais. Na noite de terça-feira, um Airbus A320 da TAM com 186 pessoas a bordo do vôo 3054 não conseguiu frear quando tentava pousar em Congonhas e acabou chocando-se contra prédios e um posto de gasolina e explodindo. Até a manhã de quinta, o saldo de mortos era de 183 pessoas, segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado. (Com reportagem de Henrique Melhado Barbosa e Cláudia Pires)

REUTERS

19 Julho 2007 | 11h01

Mais conteúdo sobre:
MANCHETES AEREAS TAM

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.