Baixa umidade do ar afeta 12 Estados e o DF até quinta-feira

Para evitar desidratação, médicos recomendam que pessoas ingiram bastante líquido em períodos de secura

Fabiana Marchezi, estadao.com.br

12 Agosto 2008 | 10h54

A Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, alertou as defesas civis de 12 Estados e do Distrito Federal por conta da baixa umidade do ar. De acordo com a Sedec, entre esta terça-feira, 12, e quinta-feira, 14, a presença de uma massa de ar seco provoca baixos índices de umidade relativa do ar em Rondônia, Amazonas, Pará, Maranhão, Piauí, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Goiás e Distrito Federal.   Em regiões desses Estados, a umidade relativa mínima fica abaixo dos 30%, especialmente no sul e leste de Rondônia, e em algumas localidades do Distrito Federal, Goiás, Bahia, Tocantins, Mato Grosso e Minas Gerais, os índices podem ser mais críticos, atingindo cerca de 20%. A Sedec desaconselha atividades ao ar livre e exposição ao sol entre as 10 e às 17 horas, principalmente entre 14 e 16 horas, período do dia em que a umidade do ar fica mais baixa.   A ingestão de bastante líquido é aconselhável para evitar a desidratação. Os alertas foram baseados em informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e do Centro de Previsão e Estudos Climáticos (Cptec).

Mais conteúdo sobre:
umidade previsão do tempo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.