Beltrame volta atrás em declaração de que Rio não é violento

Secretário de Segurança Pública lamenta frase e afirma ter 'a exata dimensão dos problemas que enfrenta'

Priscila Trindade, da Central de Notícias,

06 Novembro 2009 | 18h19

O secretário de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, lamentou por meio de nota divulgada nesta sexta-feira, 6, ter dito que o Rio não é violento. A frase foi dita ontem durante uma audiência na Câmara dos Deputados.

 

Veja tmbém:

linkOperações em morros do Rio assustam e deixam ao menos dois mortos

linkJornal inglês destaca relação entre tráfico e religião no Rio

 

Na nota divulgada, o secretário afirmou que "tem a exata dimensão dos problemas que enfrenta". Na visão de Beltrame, o Rio é o único estado em que facções criminosas disputam territórios armados com arsenal de guerra. A forte presença do narcotráfico impede que o Rio seja "comparável com a maioria das metrópoles do país e do mundo."

 

O secretário admitiu que os conflitos afetam não só os moradores das áreas disputadas como as pessoas que residem em locais distantes dos conflitos. Há dois anos e onze meses no cargo, Beltrame afirmou que tem o direito de defender o Rio de críticas exageradas.

Mais conteúdo sobre:
Rio violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.