Beth Carvalho, emocionada mas sem ´já ganhou´

A cantora Beth Carvalho, um dos símbolos máximos da Mangueira, deixou o Sambódromo, depois da forte emoção do desfile. Ela disse que acredita que a escola tenha feito uma apresentação digna de campeã, mas não quis aderir ao clima de "já ganhou". "Foi lindo, sim, mas temos de respeitar as outras escolas", ponderou Beth. Enquanto isso, no camarote da Brahma na Marquês de Sapucaí, o funk dividiu espaço com o samba. Foi só o DJ Marlboro assumir o som, que famosos e nem tanto se espremeram na pista. O sucesso foi tanto que o restaurante e as disputadas arquibancadas do camarote ficaram bem mais vazias. Entre os "clássicos" do funk tocado por Marlboro e que causaram frisson entre os convidados da Brahma estavam "Se ela dança eu danço", do MC Marcinho, e "Tô Ficando Atoladinha", do grupo Bola de Fogo e as Foguentinhas.

Agencia Estado,

28 Fevereiro 2006 | 03h02

Mais conteúdo sobre:
carnaval carnaval 2006

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.