Bombeiros alertam para afogamentos na Praia de Copacabana

Preocupação das autoridades é de que não haja salva-vidas para socorrer os fiéis

Clarissa Tomé e Luciana Nunes Leal, O Estado de S. Paulo

27 Julho 2013 | 18h46

Com previsão para reunir uma multidão de cerca de 3 milhões de pessoas em Copacabana, a Jornada Mundial da Juventude tem deixado o Corpo de Bombeiros preocupado com o risco de afogamentos neste sábado, 27.  No começo da noite, as autoridades fizeram um apelo à multidão que está na Praia de Copacabana para que os fiéis não entrem no mar. Já foram realizados 106 salvamentos, mas não houve registro de morte.

"O mar está revolto e vários afogamentos já aconteceram. Se continuarem a mergulhar não haverá salva vidas suficientes para dar conta dos salvamentos", disse o locutor no palco, a pedido dos bombeiros. Os fiéis seguem acompanhando a chegada do papa Francisco para a vigília e devem passar a noite na praia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.