Bombeiros buscam por mulher desaparecida em chuva em MG

Veículo foi arrastado por enxurrada em rodovia e matou duas pessoas; homem de 51 anos conseguiu escapar

Eduardo Kattah, O Estado de S.Paulo

12 Novembro 2009 | 12h56

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais reiniciou nesta quinta-feira, 12, as buscas por Nélia Laurentino Santos, de 39 anos, desaparecida desde segunda-feira, quando o carro em que estava foi arrastado pela enxurrada, durante forte chuva que atingiu a região central do Estado. Duas pessoas morreram.

 

Veja também:

linkChuva deixa ao menos três pessoas mortas em Nova Igauçu

 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o Palio cinza atravessava, com quatro pessoas, os trilhos de uma linha férrea na noite de segunda-feira quando foi colhido por uma forte enxurrada que arrastou o veículo para uma galeria pluvial às margens da rodovia - conhecida como "Estrada do Forninho" - na entrada de João Monlevade. Completamente destruído, o carro ficou preso na galeria, a uma distância de aproximadamente 600 metros de onde foi arrastado.

 

No início da tarde de terça-feira, os bombeiros encontraram o corpo de Desirée Nunes Gomes, de 19 anos, a cerca de quatro quilômetros do local da ocorrência. O corpo de Daniel Alexandre Cavalcante, de 21,foi encontrado na tarde de quarta, distante 23 quilômetros do local. As vítimas cursavam o segundo período de Educação Física. O outro ocupante do carro, um homem de 51 anos, foi o único que conseguiu se salvar, escapando antes de o veículo ser levado pelas águas. Os ocupantes retornavam de uma faculdade particular na cidade de Itabira.

 

Uma aeronave auxiliava os bombeiros nas buscas pelo corpo da mulher desaparecida, que não havia sido localizado até o início desta tarde. A prefeitura de João Monlevade decretou situação de emergência por causa do temporal de segunda-feira.

 

Conforme balanço da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais, seis pessoas já morreram no Estado em decorrência das chuvas e 55 municípios comunicaram problemas. A suspeita é que o corpo de um homem localizado no último dia 5 no Rio das Velhas, e que não havia sido identificado, possa ser confirmado como a sétima morte no atual período chuvoso.

 

Atualizado às 14h58 para acréscimo de informações.

Mais conteúdo sobre:
chuvas em MG Joao Monlevade MG-779 clima

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.