Brasileiro é preso na Itália sob acusação de abuso sexual de crianças

Professor de música, que vive em Siena, teria abusado de meninas de 9 e 10 anos

estadão.com.br,

06 Julho 2011 | 11h07

SÃO PAULO - Um brasileiro, de 38 anos, foi preso na Itália sob acusação de abuso sexual contra duas meninas, de 9 e 10 anos, na última segunda-feira. A prisão, no entanto, só foi divulgada nesta quarta-feira, 6, pela polícia local, segundo a agência Ansa.

 

O nome do acusado não foi divulgado, mas ele é professor de música e vive em Siena, na região de Toscana, onde já há registros de outra acusação de pedofilia contra ele.

 

As vítimas relataram a polícia que o professor apalpou as duas durante um acampamento de verão organizado pela paróquia da igreja local. O brasileiro, que dava aula de música no acampamento, teria conseguido se afastar das demais pessoas presentes no local e se aproximar das garotas, que contaram o episódio às mães.

 

O suspeito teve ordem de prisão preventiva decretada e foi encaminhada à um presídio da região.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.