Briga entre torcedores termina em morte em área nobre de Goiânia (GO)

Vítima tentou correr, mas não conseguiu, pois tinha deficiência em uma das pernas, e foi baleada.

estadão.com.br,

01 Abril 2012 | 04h40

SÃO PAULO - Uma briga entre torcedores do Goiás e do Vila Nova, às 17h45 de sábado, 31, terminou com a morte de Diego Rodrigo Costa de Jesus, de 23 anos, no Parque Vaca Brava, área nobre localizada na zona sul da capital Goiânia.

 

O rapaz, torcedor do Goiás, ao perceber que um dos integrantes do grupo rival estava armado com um revólver calibre 38, tentou correr, a exemplo dos demais, mas foi atingido por um disparo e morreu no local. Policiais militares foram acionados e detiveram, nas proximidades, um grupo de nove torcedores do Vila Nova.

 

Parte estava dentro de um carro e havia uma arma com um dos suspeitos. Todos foram levados para a Delegacia Estadual de Homicídios (DEH), onde o torcedor armado foi autuado em flagrante. O rapaz morto era deficiente físico, por isso não conseguiu correr, e já tinha passagem pela polícia por roubo e tráfico.

 

Vila Nova e Goiás se enfrentam neste domingo, 1, às 16 horas, no estádio Serra Dourada, pela 16ª rodada do Campeonato Goiano.

Mais conteúdo sobre:
Goiânia torcedores confronto tiroteio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.