Caixa-preta de avião da TAM é achada; 86 mortes são confirmadas

A caixa-preta do avião da TAM que se chocou contra prédios perto do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, com 176 pessoas a bordo, foi encontrada, informou nesta quarta-feira a Secretaria de Segurança Pública do Estado. A caixa-preta foi enviada para a Aeronáutica para análise. A secretaria confirmou ainda, no início da manhã, a morte de 86 pessoas. Equipes de resgate continuam trabalhando no local. O Airbus, que fazia o vôo JJ 3054 e partiu de Porto Alegre no final da tarde de terça-feira, não conseguiu frear ao aterrissar no início da noite em Congonhas, passou por cima de uma importante avenida de São Paulo e se chocou contra dois prédios e um posto de gasolina. Um dos prédios atingidos foi o da TAM Express. Segundo a empresa, seis funcionários da TAM Express permanecem desaparecidos. Eles estavam no terminal de cargas no momento do acidente. Um vôo da TAM trazendo parentes e amigos das vítimas deve chegar a São Paulo ainda na quarta-feira. O acidente de terça-feira deve superar a tragédia de setembro do ano passado com um Boeing da Gol em Mato Grosso, no qual todas as 154 pessoas a bordo morreram. (Por Henrique Melhado Barbosa)

REUTERS

18 Julho 2007 | 08h50

Mais conteúdo sobre:
MANCHETES ACIDENTE BALANCO QUARTA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.