Carlos Lacerda foi o maior adversário de Getúlio

Carlos Lacerda participou em 1935 do grupo articulador da Aliança Nacional Libertadora (ANL), contrária ao governo Vargas. Em 1939, rompeu com os socialistas e comunistas da ANL. Dez anos depois, foi eleito vereador pela UDN e deu início a uma carreira política marcada pela oratória impecável. Em 1954, já deputado federal, Lacerda foi vítima de um atentado na porta de casa, do qual escapou com um ferimento no pé. Seu segurança, porém, morreu. Com a confirmação do envolvimento da guarda presidencial no atentado, a oposição fez campanha pela renúncia do presidente. Vargas suicidou-se 19 dias depois. Lacerda apoiou o golpe de 1964, mas depois, insatisfeito com os rumos do País, foi para a oposição. Acabou cassado pelo regime.

, O Estado de S.Paulo

30 Outubro 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.