Paulo Mumia/Riotur/Divulgação
Paulo Mumia/Riotur/Divulgação

Carnaval 2011: Blocos animam foliões no Rio

Confete, serpentina e fantasias inusitadas encheram de cores as ruas de Laranjeiras, zona sul do Rio, na manhã de hoje, abrindo mais um dia da maratona dos blocos na cidade. O Volta Alice, que desfila desde 2005, conduziu cerca de dez mil pessoas pelas sinuosas ruas do bairro, segundo estimativa dos organizadores.

Glauber Gonçalves,

07 Março 2011 | 16h59

 

 

A ausência do sol não tirou o ânimo de turistas e cariocas, que capricharam nas fantasias. Subindo a rua Alice, que dá nome ao bloco, dois foliões vestidos de pescadores divertiam um grupo de mulheres. As varas de pescar, no entanto, traziam iscas incomuns cujo objetivo não era atrair peixes. "Somos pescadores de mercenárias", brincava o designer Gibson Hinds, de 35 anos, mostrando uma linha repleta de cartões de crédito e chaves de motos e automóveis.

 

 

Personagens famosos e celebridades também fizeram sucesso. Quem chegava ao bloco era logo recebido por uma Ana Maria Braga de barba cerrada, com o inseparável papagaio no ombro. De azul e branco, duas folionas vestidas para representar a protagonista do romance de Lewis Carroll - Alice do País das Maravilhas é uma das fantasias mais populares no Volta Alice - cumprimentavam-se ao esbarrar ocasionalmente.

 

 

Logo atrás do bloco, a empolgação era a marca de um grupo de nove Smurfs, os pequenos personagens azuis do desenho animado dos anos 1980. "No ano passado éramos apenas três. No ano que vem, a ideia é aumentar ainda mais a turma", disse o estudante Marcos de Carvalho, de 19 anos, explicando que não foi difícil produzir a fantasia. "Só passamos tinta guache", resumiu.

 

 

Apesar do clima de empolgação, a falta de infraestrutura incomodou alguns foliões, que tiveram de enfrentar longas filas para utilizar os banheiros químicos, insuficientes para atender as milhares de pessoas que circulavam nos entornos.

 

 

Mais tarde, o AfroReggae daria continuidade à festa na orla de Ipanema. No centro, o apelo do bloco comandado pelo ator e cantor Serjão Loroza foram os sambas-enredo. Já para quem acha que carnaval também combina com rock, o Sargento Pimenta preparou versões de músicas dos Beatles em ritmo de samba.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.