1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Carro usado em ataque a UPP foi achado no Juramento

Marcelo Gomes - O Estado de S. Paulo

04 Fevereiro 2014 | 13h 38

Veículo foi utilizado pelos traficantes em ação na UPP Parque Proletário, no domingo; uma soldado da PM morreu baleada

SÃO PAULO - A operação realizada nesta segunda-feira no Morro do Juramento, na zona norte do Rio, que resultou em seis mortos, foi planejada ontem, depois que uma denúncia anônima apontou que estava escondido naquela favela o veiculo usado pelos traficantes que atacaram a UPP Parque Proletário, no domingo. A emboscada resultou na morte de uma soldado, que foi atingida nas costas por um tiro de fuzil.

O comandante do 41o Batalhão, tenente-coronel Luiz Carlos Leal, disse que o Idea preto foi localizado ontem de manhã. Após fazer contato com policiais da UPP Parque Proletário, o veículo foi reconhecido. O carro foi retirado do Juramento e já foi periciado.

"Tudo leva a crer que os bandidos que atacaram a UPP sejam daqui. Por isso realizamos essa operação nesta terça", explicou o oficial.

Os mortos ainda não foram idenrificados. Dois PMs ficaram feridos: Vinicius Telles de Oliveira, baleado na coxa, e Mauro Batista dos Santos, atingido no calcanhar.

Peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli já estiveram no Juramento. O policiamento continua reforçado, mas não há troca de tiros no início desta tarde.