1. Usuário
Assine o Estadão
assine


'Causa horror pensar nas vítimas do aborto', diz papa

O Estado de S. Paulo

13 Janeiro 2014 | 10h 50

Em discurso para diplomatas, Francisco fala da cultura do 'descarte' - tanto de alimentos quanto de seres humanos

O papa Francisco disse nesta segunda-feira, 13, que "causa horror pensar nas crianças que nunca poderão ver a luz, vítimas do aborto". No discurso para o corpo diplomata credenciado no Vaticano, Francisco falou sobre os conflitos e problemas sociais do mundo.

O tema do aborto foi abordado pelo papa em longo discurso ao tratar do sofrimento das crianças e da cultura do "descarte", "tanto de alimentos quanto de pessoas". "Infelizmente, não são apenas objeto de descarte alimentos e bens supérfluos, mas com frequência os próprios seres humanos, que são descartados como se fossem coisas desnecessárias", afirmou.

"Causa horror pensar nas crianças que nunca poderão ver a luz, vítimas do aborto, naqueles que são utilizados como soldados, violentados ou assassinados nos conflitos armados, ou naqueles feitos objetos do tráfico humano, essa tremenda forma de escravidão e que é um crime contra a humanidade", disse o papa, que já havia expressado a rejeição ao aborto por parte da Igreja em sua primeira exortação apostólica, de 26 de novembro do ano passado. Com agências internacionais