Cegonha com 11 carros é incendiada em SP

Motorista foi atacado por dez homens, que conseguiram fugir

O Estadao de S.Paulo

24 Agosto 2008 | 00h00

Um caminhão tipo cegonha, com 11 carros acoplados, foi incendiado por volta da 1 hora da madrugada de ontem, na altura do número 874 da Avenida Salim Farah Maluf, no bairro do Tatuapé, zona leste de São Paulo. O caminhão saiu de Minas Gerais para fazer três entregas na capital paulista e, segundo o motorista do caminhão, o incêndio foi causado por um grupo de cerca de dez homens, que conseguiram fugir. Segundo o motorista, o ataque ocorreu quando ele fez uma parada e pediu para que seu ajudante saísse do caminhão para localizar um dos endereços de entrega da carga. O grupo, então, se aproximou, começou a gritar e chamá-los de "fura-greve". Foi então que objetos começaram a ser atirados contra o caminhão. Logo depois, o grupo ateou fogo no veículo. A Assessoria de Imprensa da Polícia Militar de São Paulo informou que o motorista ainda tentou salvar a carga do caminhão. Segundo seu relato, o motorista tentou desengatar o reboque para liberar a carreta, mas não havia mais tempo, uma vez que o grupo já tinha soltado a mangueira de ar do cavalo mecânico da cegonheira, impedindo a manobra. Segundo a polícia, dos 11 carros que estavam no caminhão, um deles foi danificado por arremesso de objetos, outros sete veículos foram queimados e somente três deles permaneceram intactos. O boletim de ocorrência foi registrado no 52º DP, no Parque São Jorge. Durante a madrugada e início da manhã de ontem, o caminhão bloqueou uma das pistas da Avenida Salim Farah Maluf. Às 11 horas, somente uma das faixas permanecia bloqueada, sem prejuízo ao tráfego.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.