Celebridades ouvirão discurso no Rio

Estão previstas, na plateia do Theatro Municipal, as presenças de Pelé, Gilberto Gil, Thaís Araújo e Eike Batista, entre outros

, O Estado de S.Paulo

20 Março 2011 | 00h00

A segunda etapa da visita do presidente Barack Obama ao Brasil começou às 20h24 de ontem, quando ele desembarcou na Base Aérea do Galeão, com a mulher. Michelle, e as filhas, Sasha e Malia. O presidente ficou no pátio da base apenas quatro minutos, tempo para cumprimentar o governador do Rio, Sérgio Cabral, e o prefeito da capital, Eduardo Paes. Michelle trajava um vestido amarelo e azul - o quarto do dia - com um cardigã também amarelo.

Dali o casal Obama embarcou no helicóptero Marine One, que o deixou no campo do Flamengo, na Gávea - local onde já o aguardava a comitiva de quatro carros que o conduziria até o hotel Marriott, em Copacabana. Compunham o grupo mais três helicópteros, dois deles com jornalistas americanos. No hotel havia muitas faixas saudando o presidente, mas o carro presidencial entrou direto na garagem.

Obama tinha encerrado seu primeiro dia de visita ao Brasil pouco antes de 19 horas, com um encontro de 50 minutos com a presidente Dilma Rousseff, no Palácio do Alvorada, ao qual o ministro da Fazenda, Guido Mantega, chegou depois de Obama e saiu antes dele.

No Marriott, Obama causou sensação ao aparecer na janela de sua suíte por volta de 21h40. Foi logo saudado com gritos de "Obama!" lá embaixo, na rua, mas não acenou nem deu sinais de ter visto a movimentação.

Para garantir toda a operação de chegada, agentes passaram os últimos dias vistoriando cada canto do gramado do Flamengo. Para completar, não longe da praia está estacionado um navio de guerra da Marinha brasileira, fazendo o controle de todo o movimento nas águas próximas.

Agenda carioca. A agenda do presidente americano no Rio foi alterada na noite de ontem. O passeio para o Corcovado mudou para as 17h45. Obama irá à Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da favela Cidade de Deus pela manhã. Mas o evento mais esperado é o seu discurso no Theatro Municipal, às 14h. Na plateia, informou o governo do Estado, estarão presentes o ex-jogador de futebol Pelé, os cantores Alcione, Martinho da Vila e Gilberto Gil, os atores Lázaro Ramos e Thaís Araújo, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) Ricardo Teixeira e o empresário Eike Batista.

Telões serão instalados em frente ao teatro para a população acompanhar o discurso em tempo real. / LUCIANA NUNES LEAL, ALESSANDRA SARAIVA e ROBERTA PENNAFORT

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.