Cem pessoas teriam sido contaminadas por sanduíche em MG

Dezoito pessoas continuam internadas; suspeita é de que maionese estava com a bactéria da salmonela

Raquel Massote, da Agência Estado,

10 Outubro 2007 | 15h26

Dezoito pessoas continuavam internadas nesta quarta-feira, 10, na Santa Casa de Misericórdia de Carmópolis de Minas, na região centro-oeste do Estado, com sintomas de intoxicação alimentar. Desde a última sexta-feira, 5, o hospital prestou atendimento a cem pessoas que afirmaram ter consumido sanduíches em uma lanchonete local.   Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, a principal suspeita é de que a maionese utilizada na preparação dos sanduíches estivesse contaminada pela bactéria salmonela. Os doentes que continuam internados têm apresentado febre alta, vômito e sinais de desidratação.   A Vigilância Sanitária do Município já interditou a lanchonete e recolheu amostras de alimentos e molhos utilizados nos sanduíche, que foram encaminhados para exame na Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Belo Horizonte. A lanchonete vai ficar fechada até que os exames fiquem prontos. Os resultados devem ser divulgados em quinze dias.

Mais conteúdo sobre:
salmonela intoxicação alimentar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.