Chefes de polícia vão levar sugestões para Brasília

Entre as propostas devem estar a permissão para que a polícia acesse os dados de celulares apreendidos com bandidos presos em flagrante

Marcelo Godoy, O Estado de S.Paulo

18 Fevereiro 2018 | 02h00

A pauta da Segurança Pública na Câmara dos Deputados terá amanhã mais um capítulo quando o presidente da Casa, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), se reunir com pelos menos 16 chefes de polícias estaduais e com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, em São Paulo.

"Vamos entregar uma lista de sugestões dos chefes de polícia para aprimorar o combate ao crime organizado, principalmente o tráfico de armas e de drogas", disse o delegado-geral da Polícia Civil de São Paulo, Youssef Abou Chain.

Entre as propostas devem estar a permissão para que a polícia acesse os dados de celulares apreendidos com bandidos presos em flagrante – uma decisão do STF considera ilegal essa prova sem a permissão de um juiz.

"Muitas vezes temos a vítima em cativeiro e prendemos um sequestrador. A urgência requer que a polícia vasculhe rapidamente o aparelho", disse o delegado Emygdio Machado Neto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.