1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Chuva deixa ao menos três pessoas mortas em Nova Iguaçu

Solange Spigliatti, Ricardo Valota e Pedro Dantas - estadao.com.br

12 Novembro 2009 | 08h 56

Temporal provocou enchentes e delizamentos na Baixada Fluminense; criança de 7 anos estaria desaparecida

Menino atravessa água que invadiu casas em Duque de Caxias, no Rio. Foto: Fábio Motta/AE 

 

RIO - Os moradores da Baixada Fluminense enfrentam desde a noite de quarta-feira uma enchente que deixou três mortos em Nova Iguaçu em consequência de uma tromba d'água na reserva biológica de Tinguá e várias famílias desalojadas na vizinha Duque de Caxias. Os corpos das três vítimas foram resgatados na manhã desta quinta-feira, 12.

 

De acordo com as primeiras informações, em nove horas de temporal choveu 70% do volume previsto para o mês. Três casas desabaram e as localidades próximas aos rios Guaçu e Calombé são as mais atingidas. Os bombeiros informaram também que uma árvore de grande porte caiu sobre uma residência na Estrada do Tinguá. Duas pessoas foram atingidas, mas ainda não há informações sobre o estado de saúde das vítimas.

 

Foto: Fábio Motta/AE

 

As vítimas dos deslizamentos são José Severino Frias, de 48 anos, e o filho dele, Marilson José Frias, de 22. O corpo da adolescente Jenifer Maria da Silva, de 15 anos, foi resgatado pelos bombeiros nesta manhã. Uma criança de 7 anos estaria desaparecida.

 

A Defesa Civil isolou a área no entorno da casa atingida e fez vistorias em outras residências em locais de risco. No Rio, o órgão registrou, nas últimas 24 horas, 31 ocorrências por conta das chuvas que atingiram toda a cidade, a maioria por infiltração de água e rachaduras em residências.

 

Atualizado às 11h18 para acréscimo de informações.