Chuvas afetam mais de 130 mil em MS e deixam 19 cidades em emergência

De acordo com a Defesa Civil do Estado, quase 500 pessoas estão fora de casa por causa dos temporais

Marcela Gonsalves, Central de Notícias

21 Março 2011 | 15h22

SÃO PAULO - Mais de 130 mil pessoas foram afetadas pelas chuvas das últimas semanas no Mato Grosso do Sul. Os dados são do relatório divulgado nesta segunda-feira, 21, pela Defesa Civil do Estado.

 

Entre os afetados, há 81 desabrigados e 402 desalojados. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão é de chuva para os próximos dias na região. Ao todo, 19 municípios decretaram situação de emergência e outros seis avaliam o estrago para saber da necessidade de entrar no mesmo estado.  

 

As cidades que estão em emergência ou estudam decretá-la são: Anastácio, Dois Irmãos do Buriti, Paranaíba, Aquidauana, Campo Grande, Coxim, São Gabriel do Oeste, Nioaque, Maracajú, Santa Rita do Pardo, Ivinhema, Bonito, Chapadão do Sul, Sidrolândia, Miranda, Alcinópolis, Rio Verde de Mato Grosso, Nova Alvorada do Sul, Rio Brilhante, Terrenos, Rio Brilhante Bandeirantes, Corguinho, Rochedo e Dourados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.