Vinicius Reis/FotoRepórter/AE
Vinicius Reis/FotoRepórter/AE

Chuvas no Espírito Santo matam 3; milhares estão desabrigados

Seis cidades decretam estado de emergência. Em Cariacica, pai e duas filhas morrem após deslizamento

02 Novembro 2009 | 12h46

Seis cidades do Espírito Santo decretaram situação de emergência por causa da chuva que atingiu o Estado nos últimos dias, segundo relatório da Defesa Civil estadual divulgado nesta segunda-feira, 2.

As cidades são Viana, Vila Velha, João Neiva, Ibiraçu, Rio Bananal e São Domingos do Norte, de acordo com a Defesa civil. O levantamento contabiliza mais de 680 mil pessoas prejudicadas pelas chuvas, que também danificaram 112.300 edificações, nos 28 municípios atingidos.

 

Entre os moradores que tiveram que sair de suas casas, 2.536 estão desalojados e outros 4.018 estão desabrigados. Três pessoas morreram em Cariacica, soterradas na madrugada de ontem, em decorrência do temporal. Pai e duas filhas, de 1 e 5 anos, dormiam no mesmo quarto, destruído pela terra que desceu de um barranco, no bairro Val Paraíso.

 

O vice-governador do Espírito Santo, Ricardo Ferraço, decolou há pouco de Vitória para sobrevoar a cidade de Santa Leopoldina, uma das mais atingidas pelas chuvas no Estado. O nível do Rio Santa Maria da Vitória subiu na noite de sábado e deixou o município isolado. Todos os carros da prefeitura, inclusive caminhões, ambulâncias e ônibus, ficaram submersos. Ontem, uma cidade vizinha emprestou caminhões para ajudar na limpeza da de Santa Leopoldina.

 

"Houve uma espécie de enxurrada no sábado à noite e, sem que ninguém esperasse, as casas foram inundadas. O município ficou sem luz, sem energia e sem comunicação por telefone ou celular", disse o prefeito Ronaldo Prudêncio, que decretou hoje estado de calamidade pública. Prudêncio estima o prejuízo em R$ 5 milhões.

 

Segundo o prefeito, cerca de 4 mil pessoas ficaram isoladas na sede do município. Outras 9 mil ficaram ilhadas no interior. Equipes do Corpo de Bombeiro levaram água potável, alimentos e colchões para os desabrigados. Os moradores que tiveram de sair de suas casas estão em escolas, casas de parentes e até em secretarias da prefeitura.

 

Por conta das chuvas, algumas rodovias ficaram bloqueadas. A BR-101- Norte, próximo a Ibiraçu, o trânsito está fluindo em meia pista. Já na região de Linhares, até a divisa com a Bahia, o tráfego flui normalmente. A Rodovia BR-101- Sul, também tem tráfego fluindo em meia pista na altura do km 305.

 

A BR-259, está com tráfego lento na altura do km 28, devido ao trabalho de máquinas retirando terra da pista. As rodovias do Contorno de Vitória e Rodovia do sol estão fluindo normalmente. A Rodovia ES-080 já teve o trânsito liberado (Com Clarissa Thomé, da Sucursal do Rio).

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.