Alexandre Gondim/JC Imagem
Alexandre Gondim/JC Imagem

Chuvas tiram 888 famílias de casa em PE e 21 mil pessoas na PB

Pernambuco já registrou nove mortes; na Paraíba, um morto e dois seguem desaparecidos

Marcela Gonsalves, estadão.com.br

19 Julho 2011 | 17h10

SÃO PAULO - Nos estados da Paraíba e no Pernambuco, no nordeste do País, várias pessoas tiveram que deixar suas casas por causa das chuvas que atingem a região desde sexta-feira, 15. Foram registradas nove mortes em Pernambuco e uma na Paraíba, onde ainda há outras duas pessoas desaparecidas.

 

Na Paraíba havia 19.753 pessoas desalojadas e 1.922 desabrigadas até a tarde desta terça-feira, 19. Em Pernambuco, eram 596 famílias desalojadas e 292 desabrigadas. A Defesa Civil de cada estado usa critérios diferentes para contabilizar os afetados (uma por famílias e outra por pessoas), por isso não é possível estimar o número total de afetados.

 

Paraíba. O Estado tem 29 municípios em situação de emergência por causa das enchentes provocadas pelas chuvas. Quatro decretos assinados pelo governador Ricardo Coutinho foram publicados na edição desta terça-feira do Diário Oficial do Estado.

 

Entre os municípios estão Alhandra, Alagoa Nova, Araçagi, Arara, Areia, Barra de Santana, Bayeux, Caaporã, Cabedelo, Campina Grande, Ingá, Itabaiana, Juarez Távora, Cruz do Espírito Santo, Lagoa Seca, Mamanguape, Mogeiro, Mulungu, Natuba, Pilar, São José dos Ramos, Rio Tinto, Pirpirituba, Sapé, Salgado de São Félix, Santa Rita e Sobrado. O governador também homologou a situação de emergência por enxurradas e inundações bruscas em áreas do município de Gurinhém e Queimadas.

 

O secretário nacional de Defesa Civil, Coronel Humberto Viana, será recebido pelo governador às 18h, no Palácio da Redenção para conhecer os estragos provocados pelas chuvas nos municípios do Estado e tomar as providências necessárias.

 

Pernambuco. Doze cidades foram atingidas, mas nenhuma decretou situação de emergência ou calamidade pública. No entanto, cinco, das cidades atingidas, já estavam em emergência desde o dia 7 de maio deste ano, quando foi publicado um decreto decorrente das fortes chuvas que atingiram o Estado no início do mês de maio, válido por 180 dias.

 

As cidades que já estavam em situação de emergência são: Jaboatão dos Guararapes; Camaragibe; Goiana; Timbaúba e Vicência. Os demais municípios atingidos foram Abreu e Lima, Aliança, Araçoiaba, Camutanga, Olinda, Paulista, e Recife.

Mais conteúdo sobre:
Paraíba Pernambuco chuvas inverno nordeste

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.