Chuvas, vendavais e granizo castigam 4 cidades em Sergipe

Em Canindé, um dos municípios atingidos, 64 famíliares tiveram de deixar suas casas após elas serem danificadas

Priscila Trindade, da Central de Notícias,

12 Janeiro 2010 | 19h27

Fortes vendavais e temporais que atingiram parte de Sergipe na madrugada desta terça-feira, 12, causaram danos em quatro municípios. As áreas atingidas, segundo a Defesa Civil Estadual, são: Canindé de São Francisco, Porto da Folha, Gararu e Poço Redondo.

 

Em Canindé, a chuva de granizo danificou 50 imóveis e 64 famílias tiveram que deixar suas casas. Outras dez construções próximas ao povoado de Capim Grosso, em Canindé, ficaram destruídas.

 

Moradores de Porto da Folha ficaram sem energia durante a madrugada. O temporal destruiu dez casas e derrubou parte do muro de uma creche, além do telhado do Estádio Caio Feitosa. No município de Gararu, três casas foram destruídas e 8 danificadas.

 

Em todo o Estado, o temporal prejudicou plantações e a criação de gado de algumas áreas. Equipes da Defesa Civil estão nos locais atingidos para auxiliar famílias. Não há registros de mortos e feridos.

 

MINAS GERAIS

 

Ventos de 112 km/h atingiram a cidade mineira de Curvelo por volta das 18h desta tarde de terça-feira, 12, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia/Climatempo. O município, que fica na região central de Minas Gerais e a 170 km de distância de Belo Horizonte, teve dezenas de destelhamentos após temporal que durou das 17h às 18h, acumulando 37,8 milímetros.

 

As nuvens pesadas que provocaram o temporal se formaram por causa do calor das altas temperaturas registradas durante todo o dia. A máxima na cidade foi de 33,5ºC.

Mais conteúdo sobre:
mau tempo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.