Prefeitura municipal de Aquidauana
Prefeitura municipal de Aquidauana

Cidades do Mato Grosso do Sul realizam força tarefa para ajudar vítimas das fortes chuvas

Prefeitura de Aquidauana decretou Estado de Emergência devido a cheia do Rio Aquidauana; No início da semana, famílias ficaram desalojadas em Bonito

Renata Okumura, O Estado de S.Paulo

22 Fevereiro 2018 | 12h58

SÃO PAULO - Desde o início da semana, cidades de Mato Grosso do Sul enfrentam as consequências provocadas pelas fortes chuvas.

Nesta quinta-feira, 22, a Prefeitura de Aquidauana decretou Estado de Emergência devido a cheia do Rio Aquidauana e a situação caótica em que se encontram centenas de pessoas vitimadas pelas enchentes.

O município organiza ainda uma força tarefa para ajudar os desalojados com o auxílio de doações. 

Na quarta-feira, 21, o secretário de Governo, Wezer Lucarelli, convocou uma reunião com todos os envolvidos no auxílio à população.

No início da semana, temporal com até 240 milímetros de chuva desalojou pelo menos 50 famílias em Bonito, segundo informações da Defesa Civil.

Previsão para quinta-feira. O dia permanece nublado com possibilidade de chuva em áreas isoladas na região norte de Mato Grosso do Sul. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nas demais áreas, o dia será de parcialmente nublado a claro, com névoa úmida. Em Campo Grande, a mínima será de 18°C e a máxima de 30°C.

Trilha embaixo d'água. Um vídeo feito em 2 de fevereiro, divulgado pelas redes sociais, mostra uma área submersa após fortes chuvas, no município de Jardim que fica a 217 quilômetros de Campo Grande. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.