1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Cinco morrem e três ficam feridos em chacina em Mato Grosso

23 Fevereiro 2014 | 23h 12

Entre as linhas de investigação da polícia está a possibilidade de vingança de militares por causa da morte de um major aposentado da PM

CUIABÁ - Cinco pessoas morreram e outras três ficaram feridas em uma chacina em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, na madrugada de sábado. Segundo a PM, quatro homens entraram em um bar onde estavam as vítimas. Mandaram todos os homens ficarem de costas para a parede e começaram a atirar. 

A  Polícia Civil investiga várias frentes, uma delas é de que a chacina tenha sido uma vingança de militares por causa da morte de um major aposentado da Polícia Militar, Claudemir Gasparetto, de 52 anos, ocorrida na quarta-feira,18.

Segundo informações da assessoria da Polícia Civil, neste domingo, o major foi morto com cinco tiros no momento em que chegava a casa, na quarta-feira. Testemunhas informaram que três pessoas em um carro vermelho desceram disparando contra o militar. 

Segundo o delegado da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Silas Tadeu Caldeira, a maneira como o crime aconteceu não mostra que os matadores quisessem assaltar o major aposentado. O major não reagiu. “Os assassinos atingiram o carro do major por trás e desceram do veículo atirando. Tudo indica que foi uma execução”, afirmou. 

Em 2011, a família de Gasparetto foi assaltada e na ocasião o major reagiu e um dis assaltantes morreu e outro morreu.

Depois da chacina deste sábado, uma força tarefa foi montada para apurar a autoria da morte das cinco pessoas e a tentativa. 

  • Tags: