Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Brasil

Brasil » Com chuvas, cidade do Rio entra em estágio de atenção

Brasil

Brasil

chuvas

Com chuvas, cidade do Rio entra em estágio de atenção

Em Nova Friburgo, na Região Serrana, situação de três rios é de alerta máximo, com probabilidade de chuva forte durante o dia

0

Thaise Constancio,
O Estado de S. Paulo

14 Abril 2014 | 10h13

Atualizado às 21h

RIO - A cidade do Rio ficou entrou em estágio de atenção às 7h40 desta segunda-feira, 14, com a chegada de uma frente fria que provocou chuva moderada que se intensificou ao longo do dia. Nas últimas 24 horas, choveu 20,6 milímetros na região do centro, de acordo com a medição pluviométrica do Sistema Alerta Rio da prefeitura.

Em Nova Friburgo, na Região Serrana, três rios ficaram em estágio de alerta máximo. O restante da Região Serrana, toda a Baixada Fluminense e a Região Metropolitana ficaram em estágio de atenção, segundo o Sistema de Alerta de Cheias, do Instituto Estadual do Ambiente (Inea).

Aeroportos. Por causa das chuvas e da nebulosidade, o Aeroporto Santos Dumont operava por aparelhos à manhã e à tarde. Às 6h o aeroporto abriu para pousos e decolagens, operados por instrumentos. Entre 8h40 e 9h33, as pistas do aeroporto ficaram fechadas para pousos.

Às 20h, a Gol emitiu uma nota em que informava os passageiros dos voos que partem ou que se destinam para o Santos Dumont a entrarem em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) da empresa (0800 704 0465) para solicitar a remarcação ou o reembolso da viagem - sem a cobrança de taxas.

"A Gol esclarece que alterações de trajeto e horários de voos em virtude de más condições climáticas são procedimentos necessários na aviação. A companhia lamenta que essas medidas causem desconforto aos passageiros, mas ressalta que não abre mão da segurança de suas operações", disse a companhia em nota.

O Aeroporto Internacional do Galeão operava no visual e recebeu alguns voos do Santos Dumont entre as 7h e as 9h desta segunda.

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.