Comandante da PM do Amazonas será exonerado

Decisão acontece após divulgação de vídeo em que sete policiais militares atiram contra adolescente

Marília Lopes, Central de Notícias

29 Março 2011 | 11h13

SÃO PAULO - O comandante da Polícia Militar do Amazonas, Dan Câmara, será exonerado do cargo. Segundo a assessoria da Secretaria de Segurança Pública (SSP), a medida deve ser publicada no Diário Oficial de amanhã.

 

A decisão teria sido tomada ontem, 28, após uma reunião entre o governador, Omar Aziz, o secretário de Segurança, Umberto Ramos, e representantes da PM. O coronel Almir David, atual secretário executivo do gabinete de gestão integrada da SSP, deve assumir o comando da Polícia Militar.

 

A exoneração de Câmara acontece menos de uma semana depois da divulgação de um vídeo em que sete policiais militares atiram a queima roupa contra um adolescente, de 14 anos. O episódio foi em agosto de 2010. O menor sobreviveu aos tiros e atualmente faz parte do Programa Estadual de Proteção a Vítimas e Testemunhas (Provita).

 

Os sete PMs envolvidos no caso estão presos no Batalhão de Guarda da PM, em Manaus. Eles alegam que o garoto fazia parte de um grupo de traficantes, mas o adolescente nega e afirma ter sido agredido sem motivo. A Corregedoria Geral da SSP e o Ministério Público investigam o caso.

Mais conteúdo sobre:
SSP Amazonas Manaus menor exonerado comandante PM

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.