1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Começa o alistamento militar em todo o País

Paulo R. Zulino, do estadao.com.br

03 Janeiro 2008 | 09h 13

Jovens que completam 18 anos neste ano devem se apresentar até o dia 30 de abril nas Justas Militares

O processo de alistamento para o Serviço Militar obrigatório começou nesta quarta-feira, 2, em todo o Brasil. Os jovens que completam 18 anos em 2008 devem comparecer, até o próximo dia 30 de abril, à Junta de Serviço Militar mais próxima de sua residência. Segundo o Departamento de Mobilização do Ministério da Defesa, a expectativa é que este ano 1,6 milhão de jovens se alistem na Marinha, no Exército ou na Aeronáutica.   Os jovens deverão se apresentar com certidão de nascimento e duas fotos 3X4. A convocação, exames e seleção são feitas em quatro fases estabelecidas pelas Forças Armadas. A primeira fase é a do alistamento, seguida pela seleção, realizada entre julho e outubro, e que prevê a convocação de cerca de 600 mil jovens de todo o País para os testes físicos, culturais, psicológicos e morais. Os reprovados nessa fase recebem o Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI).   Na terceira fase, realizada sempre no ano seguinte ao do alistamento, é feita a distribuição de cerca de 400 mil jovens nas organizações militares, onde eles deverão se apresentar para os trabalhos finais da convocação. Na quarta e última fase de seleção, que deve ocorrer em meados de fevereiro de 2009, os alistados apresentados nas organizações militares serão submetidos a um novo exame de seleção (físico, cultural, psicológico e moral), com a finalidade de detectar possíveis problemas que surgirem nesse intervalo.   O ingresso no Serviço Militar depende exclusivamente das aptidões pessoais do jovem. A média anual de incorporados é 97 mil jovens. Os cerca de 300 mil candidatos restantes são dispensados e colocados no excesso de contingente. Ao final, são selecionados apenas os candidatos que possuem perfil adequado para exercer os cargos e funções nos quartéis.   Mais informações podem ser obtidas no site do Ministério da Defesa (www.defesa.gov.br/servico_militar).