Condenado, cantor Renner escapa da prisão

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ) decidiu na quarta-feira aumentar a pena do cantor Ivair dos Reis Gonçalves, o Renner, da dupla sertaneja Rick e Renner. Ele havia sido condenado em primeira instância, em 2005, a 2 anos e 8 meses de prisão por dois homicídios culposos em um acidente de trânsito ocorrido em 2001, em Santa Bárbara d''''Oeste (SP). A 10ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça ampliou a pena para 3 anos e 6 meses de detenção, com suspensão da carteira de habilitação do cantor pelo mesmo período. Na sentença, ficou definido que a pena de prisão deve ser substituída pelo pagamento de 360 salários mínimos (R$ 136.800,00) e prestação de serviços à comunidade equivalente a uma hora de tarefa por dia de condenação. ''''Se tiver de pagar e prestar serviços, ele vai fazer'''', disse Luana Najara, mulher de Renner. O cantor disse que só vai se pronunciar depois de ler a sentença.

O Estadao de S.Paulo

05 Outubro 2007 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.