Corpo de bebê é encontrado dentro de saco no Rio

Um bebê foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira num valão na Avenida Pedro da Cunha, próximo à Praça da Piraquara, em Realengo, zona oeste do Rio de Janeiro. O corpo estava em adiantado estado de decomposição dentro de um saco de lixo e foi retirado do canal por bombeiros. Peritos estiveram no local, mas não foi possível identificar a idade do bebê - pode ser que se trate de um feto - nem o sexo. A polícia aguarda o resultado do exame de necropsia que será feito no Instituto Médico Legal. O caso será investigado pela 33.ª Delegacia de Polícia (Realengo). Abandono Nas últimas semanas, vários casos de maus tratos a bebês e a crianças têm chocado o País. O primeiro a ganhar destaque na mídia recentemente foi o da menina Letícia, que apenas dois meses, que foi jogada pela mãe, dentro de um saco, na Lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte. A menina foi salva e entregue, ontem, a um casal de guardiães em Belo Horizonte. Na madrugada de hoje, uma mulher foi presa ao tentar abandonar um filho recém-nascido no estacionamento do Hospital São Lourenço, em Bangu, na zona oeste do Rio. Ela foi flagrada no momento em que deixava a criança, de apenas três dias, ao lado de um carro. A criança ficará aos cuidados da Vara da Infância e Juventude.

Agencia Estado,

08 Fevereiro 2006 | 16h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.