Datafolha dá 10 pontos de vantagem a Dilma

A pesquisa foi registrada no TSE sob no número 36.536/2010. O Datafolha entrevistou 4.037 eleitores, em 243 municípios, no dia 21 de outubro. A margem de erro é de dois pontos porcentuais

Daniel Bramatti, O Estado de S.Paulo

23 Outubro 2010 | 00h00

Em seis dias, a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, ampliou de seis para dez pontos porcentuais sua vantagem em relação ao tucano José Serra, segundo pesquisa Datafolha feita na quinta-feira.

Em relação ao levantamento anterior do mesmo instituto, realizado entre os dias 14 e 15, Dilma subiu três pontos, enquanto Serra oscilou um para baixo.

Levando-se em conta apenas os votos válidos (excluídos brancos e nulos), a petista lidera por 56% a 44% - na semana anterior, o placar era de 54% a 46%.

Entre as mulheres, Dilma oscilou de 43% para 45%, enquanto Serra passou de 43% para 41%. Entre os homens. a petista ampliou sua vantagem de 12 para 17 pontos (55% a 38%).

A divisão do eleitorado por regiões mostra que a candidata do PT se distanciou ainda mais de seu o adversário na Região Nordeste, chegando a 37 pontos de vantagem (65% a 38%). Ela também assumiu a ponta no Norte/Centro-Oeste, com 49% a 42% - na semana anterior, havia empate entre os candidatos na região. No Sul, Serra se mantém na liderança, vencendo por 50% a 39%, e no Sudeste persiste o empate técnico (44% para a petista e 43% para o tucano).

Queixas. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acatou ontem pedido impetrado pela coligação de Serra para ter acesso a planilhas e relatórios da mais recente pesquisa do instituto Vox Populi, divulgada na terça-feira, que indicou vantagem de 12 pontos para Dilma. O resultado foi criticado pelo presidente do PSDB, Sérgio Guerra, que questionou a credibilidade do instituto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.