1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Desabamento de tenda para consultas deixa 10 feridos em Ceilândia

Leonencio Nossa - O Estado de S. Paulo

10 Abril 2014 | 17h 17

Cerca de 150 pessoas aguardavam atendimento para retirada de catarata

Atualizada às 21h16

BRASÍLIA - Dez idosos que aguardavam consulta em mutirão de retirada de catarata saíram feridos ou tiveram crise de hipertensão no desabamento de uma tenda da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, nesta quinta-feira, 11, em Ceilândia, a 26 km de Brasília. Em meio à chuva e ventos fortes, a estrutura metálica e de lona cedeu pouco depois do meio-dia, atingindo um homem que precisou operar o fêmur. Uma mulher foi hospitalizada por sofrer princípio de ataque cardíaco e um terceiro idoso também saiu ferido na perna.

O desabamento da tenda causou pânico entre 400 pessoas que estavam no local à espera de atendimento médico. Quando a chuva aumentou, os pacientes saíram correndo pela lama. Muitas perderam calçados e largaram bolsas e sacolas. Uma equipe de emergência rapidamente tentou tirar as pessoas da área, para diminuir a tensão.

Donos de autoescolas cederam ônibus para levar os idosos a um ginásio coberto. Logo depois, outros profissionais de emergência chegaram para ajudar no transporte, que também foi feito em cinco ambulâncias e quatro motocicletas.

No ginásio, cerca de 150 pessoas passaram por triagem, algumas foram examinadas e medicadas. Dez idosos tiveram que ser levados para o Hospital Regional da Ceilândia e a Unidade de Pronto Atendimento da cidade, segundo a assessoria do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Era a segunda vez que o governo do Distrito Federal realizava o mutirão de retirada de catarata. A estrutura que desabou foi montada num descampado de Ceilândia para servir de apoio à “carreta da visão”, um veículo equipado com aparelhos cirúrgicos e onde os médicos atendiam os pacientes. O desabamento poderia ter causado mortes se a carreta não tivesse aparado um lado da tenda. Os pacientes estavam sentadas em cadeiras plásticas sob a proteção.

Crise. O secretário distrital de Saúde, Elias Miziara, se deslocou para o local logo após o incidente e se apressou em informar que não havia vítimas fatais. Foi ele quem informou que os três casos que precisaram de internação não eram “graves”. Miziara reconheceu que o incidente causou pânico e crise nervosa nos idosos.

Nesta quinta, a Secretaria de Saúde tinha distribuído 800 senhas para consultas e 250 para cirurgias. O governo distrital argumentou que o mutirão garante tratamento de catarata em cidades sem estrutura oftalmológica de ponta. Cerca de 3 mil pessoas esperam uma cirurgia para retirar catarata no Distrito Federal, segundo a pasta. Até o início da noite, o órgão mantinha a decisão de fazer cirurgias de cataratas em caminhões. A previsão era manter o mutirão até o fim do mês em Ceilândia.

A rede de saúde da capital federal é alvo de críticas de profissionais. Nas últimas semanas, o aumento no número de casos de dengue e o longo tempo de espera nas filas dos hospitais públicos motivaram reclamações de entidades do setor e pacientes, que se queixam do descaso na área pelo governo.

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo