1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Detento é encontrado morto em presídio no Maranhão

Rafaela Lima - Especial para O Estado

22 Janeiro 2014 | 22h 44

Só em janeiro deste ano, quatro presos morreram dentro de penitenciárias no Estado

SÃO LUÍS - Na tarde desta quarta-feira, 22, o detento identificado como Cledeilson de Jesus Cunha foi encontrado morto dentro de um balde de lixo, na cela da Unidade Prisional de Ressocialização de Santa Inês, a 234km de São Luís. Em nota, a Secretaria de Estado de Justiça e de Administração Penitenciária (Sejap) informou que as causas da morte de Cledeilson serão apuradas e divulgadas nesta quinta.

Esta é contabilizada como a quarta morte dentro de presídios do estado, só em janeiro deste ano. As outras três aconteceram dentro do Complexo de Pedrinhas.

Outros casos. No início da manhã desta terça-feira, 21, um preso foi encontrado morto em uma cela do Centro de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ), uma das oito unidades prisionais do Complexo de Pedrinhas, em São Luís. Desde o ano passado, foram registradas 63 mortes de presos em Pedrinhas.

Na segunda-feira, 20, nove detentos do Complexo de Pedrinhas foram transferidos para o presídio federal de segurança máxima de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

A violência do presídio tomou as ruas de São Luís no início do ano e deixou vítimas. Uma criança de 6 anos morreu e outras quatro pessoas ficaram feridas após um ônibus ser incendiado por ordem de presos de Pedrinhas. O Ministério Público do Maranhão ofereceu denuncia contra sete pessoas pela morte da menina Ana Clara Souza.