Dez PMs do DF são afastados por suspeita de exploração sexual

Reportagem do Bom Dia DF exibida nesta terça-feira, 1, mostrou policiais levando garotas, menores de idade, para a casa delas e se despedindo com beijos e abraços

Pedro da Rocha, Central de Notícias

01 Março 2011 | 18h23

SÃO PAULO - A Corregedoria da Polícia Militar do Distrito Federal afastou, por 30 dias, 10 PMs suspeitos de participarem de um esquema de exploração sexual. Reportagem do Bom Dia DF exibida nesta terça-feira, 1, mostrou PMs em Samambaia Norte, no DF, levando garotas, menores de idade, para a casa delas e se despedindo com beijos e abraços.

 

Segundo o Corregedor Geral da PM, Coronel Edson Barbosa Silva, "Os PMs foram afastados e uma sindicância aberta. Eles terão direito a ampla defesa e contraditório, e, caso comprovado algum crime, serão punidos."

 

De acordo com reportagem do Bom Dia DF, as meninas relataram que os PMs as chamavam para ter relações sexuais. Eles teriam até ofereciam dinheiro para que as meninas, de 15 e 17 anos, participassem de festas com os policiais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.