Dois problemas em um mês

Em menos de um mês, o Airbus A320, prefixo PR-MBK, que realizou o vôo 3054 entre Porto Alegre e São Paulo e caiu após tentar pousar em Congonhas no último dia 17, apresentou dois problemas. No dia 24 de junho, o avião abortou uma decolagem no Aeroporto Internacional de Guararapes, no Recife. Já no dia 14, dessa vez em Congonhas, foi encontrado vazamento de óleo no sistema hidráulico do reverso direito. A interrupção da decolagem no Recife foi realizada, segundo a TAM, quando uma das três luzes de advertência do sistema hidráulico acendeu no momento em que o avião começava a tomar impulso para subir. Foi constatado que o nível de óleo estava abaixo do recomendado. Após o piloto ter visto o aviso, comunicou a torre de comando e voltou ao finger inicial. A equipe de manutenção reabasteceu o equipamento com óleo, sanando o problema. Depois, a aeronave continuou viagem. Segundo a TAM, mesmo com a luz acesa, o avião poderia prosseguir viagem, sem riscos para a segurança dos passageiros e tripulação, mas o comandante preferiu resolver o problema antes de seguir a viagem até Natal.

Eduardo Reina, O Estadao de S.Paulo

21 Julho 2007 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.