Divulgação
Divulgação

Dona recebe cão que pode ser Pinpoo, desaparecido em voo no RS

Expectativa da aposentada, porém, era que animação do cachorro - em 'estado lamentável' - fosse maior ao reencontrá-la

Ítalo Reis, Estadão.com.br

15 Março 2011 | 11h33

SÃO PAULO - A angústia que Nair Flores passa pode ter acabado. Um cachorro "muito parecido" com o sumido Pinpoo foi entregue a moradora de Porto Alegre ontem à tarde após ter sido encontrado em Alvorada, na região metropolitana. A incerteza se deve a um único motivo: o animal não parece ter ficado tão feliz ao encontrá-la, como ficava antes ao estar perto da dona.

 

O drama com o cão começou no início deste mês. A aposentada viajou da capital gaúcha para Vitória e contratou o serviço de transportes GolLog, da companhia aérea Gol, para levar Pinpoo, já que ela iria por uma empresa que não fazia o trabalho. Pagou R$ 648, mas o animal nunca chegou à capital capixaba.

 

Desde então, Nair tem procurado por Pinpoo nos arredores do Aeroporto Salgado Filho, sem grande sucesso. Foi no terminal aéreo três vezes e gritou pelo cachorro. Andou por ruas e até quebrou o pé durante uma das buscas. Nada.

 

Ontem à tarde, porém, o bicho foi achado por um morador de Alvorada, que o levou até o aeroporto. Uma funcionária da Infraero ligou para a dona do possível Pinpoo e entregou o animal na maior alegria, pensando ter acabado com a tristeza de dona Nair. Mas ela não foi bem recebida. "Esperava que ele pulasse no meu colo, me desse beijinho, mas ele não fez nada disso", lamenta.

 

Segundo a dona, o cão "foi encontrado num estado lamentável". "Ele está cheio de pulgas, carrapatos e machucados". Levou-o, então, para um veterinário, que, através dos dentes, deu a idade aproximada do animal. "Onze meses, quase um ano, a mesma que o Pinpoo". A semelhança é enorme, de acordo com Nair, mas a certeza ainda não veio. "Ele tomava dois banhos à seco por dia. Até pedia, não ia dormir sem tomar. Fui aplicar dessa vez e ele fugiu", conta Nair.

 

Agora ela espera para retirar o bicho do veterinário nesta tarde, com a esperança que o comportamento dele tenha mudado. Que seja o verdadeiro Pinpoo.

Mais conteúdo sobre:
Pinpoo Porto Alegre animais RS Gol aeroporto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.