Dutra defende investigação contra Falcão

O presidente do PT, José Eduardo Dutra, defendeu a investigação pela Polícia Federal da acusação contra o deputado estadual Rui Falcão (PT-SP), integrante do comando da campanha da petista Dilma Rousseff. Falcão é apontado pelo jornalista Amaury Ribeiro Jr. como responsável pelo vazamento de um dossiê com dados fiscais de tucanos e familiares de José Serra (PSDB). Em depoimento à PF, Amaury afirmou que Falcão copiou o conteúdo de suas investigações contra tucanos que estava armazenado em um computador pessoal.

Eduardo Kattah, O Estado de S.Paulo

23 Outubro 2010 | 00h00

"Se há acusação de que algum membro do PT esteja envolvido, investigue tudo. Nós não temos medo da investigação", disse Dutra, destacando que o partido fez um aditamento para que a PF apure também a origem do suposto dossiê.

"O trabalho dele (Amaury) foi para se contrapor a uma central de espionagem liderada pelo Marcelo Itagiba (PSDB-RJ), central de espionagem essa que era aliada do Serra. Por isso fizemos um aditamento para que a Polícia Federal investigue também tudo isso ."

Aécio e Itagiba já rechaçaram qualquer relação com o episódio. Falcão negou a acusação de que teria furtado dados do computador do jornalista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.