WERTHER SANTANA/ESTADÃO
WERTHER SANTANA/ESTADÃO

Em mensagem a devotos de Nossa Senhora, papa pede benção aos desempregados

Pontífice citou "momento difícil" vivido pelo País ao falar sobre a padroeira do Brasil; Alckmin e ministros foram vaiados pelos fiéis

Adriana Ferraz, Juliana Diógenes e Paula Felix, O Estado de S. Paulo

12 Outubro 2017 | 10h15

APARECIDA - Uma mensagem aos devotos de Nossa Senhora Aparecida foi publicada na conta oficial do papa Francisco no Twitter nesta quinta-feira, 12, dia da celebração dos 300 anos em que a imagem da Padroeira do Brasil foi encontrada. "Nossa Senhora Aparecida foi encontrada por trabalhadores pobres: hoje abençoa todos, especialmente aqueles que procuram um trabalho", disse o pontífice na rede social.

 

 

Em audiência realizada na Praça São Pedro, no Vaticano, nesta quinta-feira, 11, o papa já tinha lido uma mensagem para os fiéis e homenageado Nossa Senhora Aparecida. "Saúdo todos os peregrinos do Brasil e de outros países de língua portuguesa, particularmente os diversos grupos de sacerdotes, religiosos e fiéis brasileiros residentes em Roma, que vieram a esta audiência para dividir a alegria pelo jubileu dos 300 anos de Nossa Senhora Aparecida, cuja festa se celebra amanhã."

Brasileiros que estavam presentes no local agitaram bandeiras do Brasil e cantaram um hino em homenagem à Padroeira. "A história dos pescadores que encontraram no Rio Paraíba do Sul o corpo e depois a cabeça da imagem de Nossa Senhora, e que foram em seguida unidos, nos lembra que neste momento difícil do Brasil, a Virgem Maria é um sinal que impulsiona para a unidade construída na solidariedade e na justiça. Que Deus lhes abençoe", finalizou o pontífice.

Na última segunda-feira, 9, o papa Francisco enviou uma rosa de ouro ao Santuário de Nossa Senhora Aparecida para homenagear a Padroeira do Brasil, trazida do Vaticano pelo cardeal italiano Giovanni Battista Re, prefeito emérito da Congregação para os Bispos, que será o representante do líder da Igreja Católica durante as celebrações.

Vaias

A principal celebração em comemoração aos 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida começou às 9h30 desta quinta-feira, 12, em altar montado do lado de fora da basílica nacional, na cidade de Aparecida do Norte, interior do Estado. A missa campal começou com uma mensagem em vídeo enviada pelo papa Francisco, que lamentou não estar no santuário hoje e afirmou estar com "saudades, saudades do Brasil".

Assim que o vídeo terminou, foram anunciadas as autoridades presentes: o governador paulista, Geraldo Alckmin (PSDB) e os ministros Antonio Imbassahy  (Secretaria de Governo) e Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia e Inovações), do PSDB e PSD, respectivamente. Todos foram vaiados pelo público presente. O prefeito da capital, João Doria, está na Itália em viagem oficial e o vice, Bruno Covas, foi para Paris. O representante do Município é o presidente da Câmara Municipal, Milton Leite (DEM).

Vida difícil

Na mensagem que enviou ao fiéis que lotam a basílica de Nossa Senhora Aparecida na manhã desta quinta-feira, dia 12, para a celebração de seus 300 anos, o papa Francisco justificou sua ausência ao dizer que sua vida não é fácil.

"Em 2013, durante a minha primeira viagem apostólica internacional, tive a alegria e a graça de estar no Santuário de Aparecida e rezar aos pés de Nossa Senhora, confiando-lhe o meu pontificado. Naquela ocasião, manifestei meu desejo de estar com vocês no ano jubilar,  mas a vida de um papa não é fácil."

Francisco afirmou que, impedido de estar no Brasil, nomeou um cardeal para representá-lo. "Confiei a ele a missão de garantir a presença do papa no meio de vocês. Ainda que não esteja fisicamente presente, quero manifestar meu carinho com o povo brasileiro."

Ao final, o papa afirmou que o "Brasil necessita de homens e mulheres que, cheios de esperança e firmes na fé, dêem testemunha que o amor manifestado na partilha é mais forte que as trevas do egoísmo e da corrupção".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.