Roberto Stuckert Filho/PR
Roberto Stuckert Filho/PR

Empolgação só quando é citado recado de Lula

Presidente reestreia no contato com os eleitores sem entusiasmar a plateia de Irecê, mas, ao final, diz que antecessor enviara beijos e contagia público

, O Estado de S.Paulo

02 Março 2011 | 00h00

Em seu primeiro contato direto com os eleitores depois de tomar posse, Dilma Rousseff conseguiu reunir uma plateia suficiente para encher o espaço dedicado ao evento em Irecê (BA), mas não empolgou o público. No ato, anunciou o reajuste do Bolsa Família e homenageou as mulheres brasileiras, no início do mês em que é celebrado o Dia Internacional da Mulher (8 de março).

A cidade foi escolhida porque a Bahia é o Estado com mais beneficiários do programa, cerca de 1,65 milhão de pessoas.

A plateia era formada por cerca de 2 mil pessoas, na maioria, mulheres beneficiárias de programas sociais do governo federal.

Quando iniciou seu discurso de 31 minutos, após ter prestigiado programas destinados às mulheres, a audiência chegou a se animar, entusiasmo que esbarrou em uma interminável lista de agradecimentos a prefeitos da região - 51, ao todo.

Durante essa leitura, ela mostrou explicitamente o desconforto com a situação, ao notar que havia pronunciado erroneamente o nome de Ibititá (que ela chamou de Ibitita). "Mas para ser Ibititá precisa ter o acento", disse, contrariada, aos assessores.

A empolgação só veio, mesmo, quando, ao fim do discurso, ela disse que almoçou com Lula na sexta-feira passada, em São Paulo. Lula, aliás, foi citado quatro vezes por Dilma. "Ele pediu que eu dissesse a vocês que ele manda um abraço", contou. Foi o suficiente para que o público voltasse a aplaudir. "Preferia que ele (Lula) tivesse vindo, para eu conhecer", disse a agricultora Jovenalda Cruz, de 36 anos. A pouca empolgação dos presentes levou o governador Jaques Wagner a pedir aplausos para sua mulher, Fátima. / TIAGO DÉCIMO E TÂNIA MONTEIRO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.