Empresa aérea suspende novamente os voos após acidente no Recife

Companhia afirma que precisa reorganizar sua malha aérea

Priscila Trindade, estadão.com.br

14 Julho 2011 | 08h36

SÃO PAULO - A empresa Noar Linhas Aéreas decidiu suspender os voos nesta quinta-feira, 14, devido ao acidente que aconteceu ontem com uma aeronave da companhia no Recife, Pernambuco. Dezesseis pessoas morreram na queda do turboélice, perto da praia de Boa Viagem.

 

A companhia aérea já havia suspendido a operação na quarta-feira. Assim como ontem, os passageiros com voos marcados serão remanejados para outras companhias aéreas ou em outros meios de transporte.

 

A empresa disse que a paralisação das atividades é necessária para a reorganização da malha aérea. Em razão do acidente, a Noar passa a operar com uma aeronave. Quatro voos seriam realizados nesta quinta.

 

O avião que caiu ontem transportava 14 passageiros e dois tripulantes e fazia a rota Recife - Mossoró, Rio Grande do Norte, com escala em Natal. O acidente aconteceu por volta das 6h50, minutos depois da decolagem.

 

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) afirmou que a aeronave da empresa aérea Noar encontrava-se regular em seus registros. O comandante e o copiloto também estavam coma documentação em situação regular.

 

Os corpos das vítimas do acidente aéreo serão identificados por meio de exame de DNA. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) e os técnicos recolheram o material necessário para a realização do exame com os familiares durante o dia de hoje.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.