Estados do Sul do País ampliam estado de emergência devido à seca

Mais municípios decretaram situação de emergência; Rio Grande do Sul é o Estado mais afetado

Solange Spigliatti, estadão.com.br

16 Janeiro 2012 | 14h04

SÃO PAULO - Passa de 370 o número de municípios da região sul do País que estão em situação de emergência devido à estiagem que atinge os três estados nos últimos meses.

 

A situação mais alarmante é do Rio Grande do Sul, onde 282 cidades tiveram o estado de emergência decretado. Outras 16 cidades do Estado já enviaram à Defesa Civil estadual a notificação de desastre. No total, 1.622.530 pessoas foram afetadas.

Em Santa Catarina, subiu para 80 o número de municípios atingidos que também decretaram situação de emergência, com 489.814 pessoas afetadas pela estiagem.

 

A cidade com situação mais crítica é Chapecó, que tem uma população de 183.530 habitantes. São Lourenço do Oeste e Pinhalzinho também estão entre as que maior prejuízo contabilizam, com 21.797 e 16.235 habitantes respectivamente.

No Paraná, a escassez de chuvas dos últimos meses atinge 137 municípios do Estado, afetando 1.357.899 pessoas. Até o momento, 15 municípios decretaram situação de emergência.

Mais conteúdo sobre:
seca região sul emergência estiagem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.