Estradas: retorno do feriado será intenso a partir das 9 horas

Tráfego acima da média pode continuar até o meio da madrugada de quarta

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

08 Março 2011 | 02h14

SÃO PAULO - As concessionárias que administram os principais trechos das mais importantes estradas estaduais e federais dentro do Estado de São Paulo esperam, para esta terça-feira, 8, movimento considerável no retorno do feriado de carnaval a partir das 9 horas, com horário de pico entre 14 e 15 horas e movimento de queda a partir das 22 horas, podendo se estender o processo de normalização até o meio da madrugada de quarta-feira, 9.

 

À 1h30 desta terça-feira, 8, o movimento nas estradas era tranquilo e sem registro de pontos de lentidão segundo as concessionárias. O Sistema Anchieta-Imigrantes opera no esquema padrão 5 x 5, com metade das pistas em direção ao litoral e a outra metade à disposição de quem quer subir a serra. A operação subida 2 x 8 deve ser iniciada entre 8 e 9 horas. Da 0h de quinta-feira, 3, até a 0h desta terça-feira, 8, desceram a Serra do Mar 308 mil carros e subiram 189 mil, restando 119 mil carros na Baixada. Mas, segundo a Ecovias, há previsão de movimento ainda intenso no sentido Baixada até as 7h30 desta terça-feira.

 

Retorno 

 

Alguns dos pontos tradicionais de engarrafamento de alguma estradas são:

 

Anchieta: entre os quilômetros 34 e 29, trecho de São Bernardo do Campo;

 

Imigrantes: entre os quilômetros 70 e 65, trecho de São Vicente, e entre os quilômetros 40 e 28, em São Bernardo do Campo;

 

Castello Branco entre Itapevi e a chegada à capital;

 

Fernão Dias: entre Atibaia e Mairiporã;

 

Régis Bittencourt: entre Miracatu e Juquitiba (destaque para o trecho de acesso da Serra do Cafezal e os 30 mil metros de extensão dela), e entre Itapecerica da Serra e Taboão da Serra;

 

Presidente Dutra: trechos de Taubaté, São José dos Campos e Guarulhos;

 

Padre Manoel da Nóbrega: todo o trecho de Praia Grande;

 

Tamoios (SP-99): trecho de serra de Caraguatatuba e nas proximidades da ponte de Paraibuna, no quilômetro 28, onde há o sistema "pare e siga" em razão da construção de uma segunda ponte no local;

 

Rio-Santos (SP-55): no trecho do trevo de Riviera, entre os quilômetros 211 e 214, onde há o entroncamento com a Mogi-Bertioga (SP-98);

 

Mogi-Bertioga (SP-98): nas proximidades do entroncamento com a Rio-Santos e com a Tamoios;

 

Ayrton Senna: entre as cidades de Itaquaquecetuba e Guarulhos.

Mais conteúdo sobre:
trânsito carnaval

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.