Polícia Militar de Goiás/PM
Polícia Militar de Goiás/PM

FAB intercepta avião bimotor com meia tonelada de cocaína, em Goiás

Intercepção foi feita em ação que faz parte da Operação Ostium, contra ilícitos transfronteiriços

Fabrício de Castro, O Estado de S. Paulo

25 Junho 2017 | 19h29

BRASÍLIA – Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) interceptou neste domingo, 25, um bimotor na região de Aragarças (GO), com meia tonelada de cocaína. De acordo com a área de comunicação da Aeronáutica, a intercepção foi feita por uma aeronave de defesa aérea A-29 Super Tucano, em ação que faz parte da Operação Ostium, contra ilícitos transfronteiriços.

Às 13h17, o piloto do Super Tucano passou a seguir o protocolo das medidas de policiamento do espaço aéreo e interrogou o piloto do bimotor (matrícula PT-IIJ), que havia decolado da Fazenda Itamarati do Norte, em Campo Grande do Parecis (MT), com destino a Santo Antonio Leverger (MT). Na sequência, o piloto da FAB deu ordens para o bimotor mudar a rota e pousar no aeródromo de Aragarças.   

Em um primeiro momento, o bimotor seguiu as instruções, mas arremeteu antes de pousar no local indicado. O piloto da FAB novamente ordenou a mudança de rota e solicitou o pouso, mas o bimotor não respondeu. Com isso, a aeronave passou a ser classificada como hostil.

No momento seguinte, o Super Tucano executou um tiro de aviso, para persuadir o piloto do bimotor a cumprir as determinações. No entanto, não houve resposta e o bimotor acabou pousando na zona rural do município de Jussara, no interior de Goiás.

Um helicóptero da Polícia Militar de Goiás fez buscas no local. De acordo com a Aeronáutica, os 500 quilos de cocaína encontrados no avião serão encaminhados para a Polícia Federal em Goiânia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.