Falso Pinpoo será adotado, diz empresa aérea

O animal verdadeiro foi encontrado e entregue à dona nesta quinta, 18; Gol não deu informações sobre a família que irá adotar o cão

Marcela Gonsales, Central de Notícias

18 Março 2011 | 16h23

SÃO PAULO - O cão de rua que foi confundido com "Pinpoo" no início desta semana será adotado, segundo nota divulgada pela Gol nesta sexta-feira, 18. Ele estava sob responsabilidade da empresa desde que a dona do verdadeiro cão, Nair Flores, recusou o animal. Ela tinha desconfiado da identidade do cachorro pois ele não a reconheceu de imediato nem aceitava tomar os banhos secos diários, aos quais Pinpoo estava acostumado. A empresa aérea não divulgou dados da família que adotará o animal.

De acordo com a Gol, o cachorro estará com os novos donos na próxima semana. A assessoria de imprensa da companhia informou que ele foi retirado hoje da clínica onde estava sendo tratado. Por telefone, porém, uma funcionária da clínica informou que o cachorro já havia sido levado por funcionários da Gol na quarta-feira. Ela não soube dar mais informações.

Nair Flores, que reencontrou Pinpoo ontem, disse hoje por telefone que não o largará nunca mais. "Se for para viajar, serão dois lugares, um para mim e um para ele", brincou. Na tarde de hoje, ela afirmou que estava descansando em casa com o cachorro aos seus pés. Ela disse não saber detalhes sobre a família adotiva do outro cão, apenas que eles seriam de outro Estado.

Mais conteúdo sobre:
Pinpoo falso cachorro Gol adoção RS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.