Falso policial é preso trabalhando em delegacia de Cabo Frio (RJ)

Leonardo Cézar Alvarez, de 31 anos, foi pego com uma carteira falsa de funcionário do distrito, um par de algemas e uma pistola de seu pai

21 Setembro 2012 | 12h41

SÃO PAULO - Um falso policial foi preso na tarde de quinta-feira, 20, trabalhando de forma irregular em uma delegacia de Cabo Frio, a 155 km do Rio de Janeiro. Leonardo Cézar Alvarez, de 31 anos, foi pego em flagrante por porte ilegal de arma durante seu "expediente" no 126º DP, com uma carteira falsa de auxiliar administrativo do distrito, um par de algemas e uma pistola calibre 380 com 30 munições, pertencente ao seu pai.

A prisão foi efetuada por agentes da Corregedoria Geral Unificada (CGU) da Secretaria de Estado de Segurança do Rio. O órgão chegou ao impostor depois de receber uma denúncia informando que um grupo de policiais estaria extorquindo comerciantes na cidade.

Durante a prisão, foi apresentado aos policiais da CGU um ofício afirmando que Leonardo ocupava cargo de confiança na Prefeitura de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, e estaria emprestado à delegacia para serviços burocráticos. A Corregedoria Geral Unificada informou que abriu uma sindicância para apurar se Leonardo está cedido legalmente ao DP e se há envolvimento de outros servidores no caso.

A Secretaria de Segurança do Rio afirmou em nota que ainda não foi confirmado se Alvarez ocupava a função de forma regular. Segundo a pasta, os policiais do distrito serão ouvidos a respeito das denúncias de extorsão.

Mais conteúdo sobre:
falso polcial cabo frio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.