1. Usuário
Assine o Estadão
assine


'Favela Painting' transforma praça no Morro Dona Marta, na zona sul do Rio

estadão.com.br

10 Junho 2010 | 10h 21

Projeto comandado por dupla de holandeses também pintou a Vila Cruzeiro, na Penha, e já passou pelo México, Colômbia e Equador

SÃO PAULO - Ocupado pela Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Polícia Militar desde dezembro de 2008, o Morro Dona Marta, em Botafogo, na zona sul do Rio, ganhou mais vida depois que os holandeses Jeroen Kollhaas e Dre Urhahn, do projeto Favela Painting, resolveram transformar as fachadas de 34 casas da favela com a ajuda e a mão de obra dos moradores da comunidade.

 

Veja também:

link Site do projeto 'Favela Painting'

 

 

"Optamos por cores flexíveis, que se adaptariam em qualquer região do morro. Os moradores estão adorando. Nosso sonho é pintar todas as casas da comunidade", afirmou Dre Urhahn, de 36 anos.

 

Os dois estrangeiros são os responsáveis pelos painéis gigantescos que decoram a Favela Vila Cruzeiro, na Penha, zona norte, uma das mais violentas da cidade, onde ficaram seis meses para executar os projetos.

 

A dupla também pintou painéis em Pernambuco e regiões pobres do México, Colômbia e Equador. Três pintores descobertos na Vila Cruzeiro e dois de Pernambuco foram contratados para trabalhar no Dona Marta.