1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Federação de Vôlei colabora na investigação do furto dos troféus

Márcio Dolzan e Thaise Constancio - O Estado de S. Paulo

23 Agosto 2014 | 12h 25

Troféus foram roubados de caminhão no estacionamento de shopping da Barra da Tijuca, no Rio, nesta sexta-feira

 RIO - A Federação Internacional de Vôlei (FIVB), com sede na Suíça, informou neste sábado, 23, que está auxiliando as autoridades brasileiras na investigação do furto dos troféus ocorridos na sexta-feira, 22. Segundo a FIVB, eles levaram meses para serem produzidos, e a entidade já acionou a empresa responsável pela confecção, também suíça, pedindo duas novas peças.

Os troféus foram levados do caminhão da empresa TNT Express quando o veículo estava no estacionamento do Via Parque Shopping, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. As peças eram transportadas para a sede da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), que fica no mesmo bairro.

O Mundial masculino de vôlei será disputado na Polônia a partir do próximo sábado, 30, e se encerra em 21 de setembro. Já o feminino ocorre entre 23 de setembro e 12 de outubro, na Itália. Caso os troféus roubados não sejam recuperados ao longo da semana, dificilmente a FIVB conseguirá exibir o prêmio na cerimônia de abertura do torneio masculino, que será realizada em Varsóvia.

Ary Graça, que comanda a federação internacional e é ex-presidente da CBV, classificou o episódio como “lamentável”. “A FIVB trabalhou muito para ter troféus exclusivos”, afirmou. “Vamos trabalhar com as autoridades brasileiras para tentar recuperar essas peças.”

Diferentemente da taça da Copa do Mundo, que tem cinco quilos de ouro em sua composição, os dois troféus do Mundial de Vôlei têm pouco valor comercial. Eles são produzidos em níquel. Com bases de prata, as taças furtadas são apenas banhada a ouro.

O caso é investigado como furto pela Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC). O motorista do caminhão já foi ouvido pelos policiais e as imagens das câmeras de segurança do shopping foram recolhidas. Uma perícia será realizada no local.

Em nota, o Via Parque Shopping informou apenas que “o caso está sendo apurado e investigado pelas autoridades responsáveis”. Procurada por telefone e por e-mail, a TNT Express não respondeu aos contatos da reportagem.

 

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo