1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Filha do cantor Giovani é enterrada em Franca

Rene Moreira - Especial para o Estado - O Estado de S. Paulo

15 Janeiro 2014 | 13h 48

Gessyca Cristina Morais morreu em um acidente de carro em Osasco

Centenas de amigos e parentes emocionados estiveram na manhã desta quarta-feira (15) no Cemitério da Saudade, no centro de Franca (SP), acompanhando o enterro de Gessyca Cristina Morais, de 21 anos, filha do cantor sertanejo Giovani, da dupla Gian e Giovani. Ela morreu na madrugada anterior vítima de um acidente de trânsito em Osasco, na Grande São Paulo.

O caixão foi colocado no jazigo da família que pôde observar apenas a parte do rosto. O restante estava fechado fechado. Giovani chegou apenas no final do sepultamento e, muito emocionado, teve de ser amparado por familiares. Nenhum parente quis comentar a morte.

Alguns artistas também foram se despedir de Gessyca, que cursava o segundo ano de jornalismo. "Conhecia muito ela, sou amigo do Giovani e da família dela, realmente é algo muito triste", disse ao Estado o cantor Rionegro, da dupla Rionegro e Solimões. Ele contou ter ido prestar apoio nesse momento tão difícil. "Perder alguém querido de um dia para outro não é fácil".

Através das redes sociais, a dupla Gian e Giovani agradeceu o apoio de amigos e fãs e pediu privacidade. "Giovani e sua família gostariam de agradecer a todos pela solidariedade, simpatia, força, mensagens de carinho, amor, fé e esperança", diz a nota.

Acidente. Gessyca estava em um Honda Civic que capotou e foi parar numa árvore numa das principais avenidas de Osasco. Um amigo, Pierluigi Patroni Valentim Cruz, de 22 anos, dirigia o veículo e morreu no local.

Gessyca foi socorrida e faleceu no hospital, enquanto que seu primo Felipe Morais, que também estava no carro, foi internado em estado grave com várias fraturas pelo corpo.

  • Tags: